Agende sua massagem.

Hoje, ouvi muitas histórias, pessoas que sofreram. Idosos que quando finalmente cansaram de suas vidas miseráveis. Foram abandonados sozinhos. Sem ter para onde ir, enfermos e solitários, cheios de história para contar, e ninguém para ouvi los. Como essas palavras que escrevo, e sei. Ninguém irá ler, nenhuma delas.  Talvez algum dia alguém entediado com sua vida, procure por mim e encontre essas histórias que eu conto aqui, mas iniciara a primeira linha e prosseguirá sem da continuidade…

Com tudo isso, eu decidi ser rica, minha vida será prospera e para isso estou aqui hoje.

sem inspiração nenhuma, escrevendo essa merda.

 

 

Advertisements

Minha dor.

Quem pensa que foi uma tarefa fácil vender minha filha por uma vida confortável?

Engraçado. Pois nunca soube exatamente o que é uma vida confortável…

No entanto eu vendi minha filha, sabe por quê? Por nada.

Troquei  ela por nada. Enlouqueci por nada.

Exatamente, nada.

E todos os dias e noites, meu coração aperta e dói.

Porque ela saiu de dentro de mim, ela se formou dentro de mim, ela se alimentou dentro de mim..

E por tudo, mesmo hoje ela estando tão distante ainda está aqui, dentro de mim.

Quando meu pensamento se volta para isso, eu chego a conclusão de que, falta algo dentro de mim. Ela.

Estou caminhando nessa maldita estrada da vida sem sentido, sem objetivo. Sem vontade de viver.

E minha única vontade era, que tudo isso chegasse a um final.

Toda essa dor, e essa solidão que não se preenche com nenhuma vaidade, prazer, ou… Nada!

Quando olho, para seus grandes olhos, castanhos e vejo neles a pureza de um anjo, e a inocência de uma criança, é… ela é uma criança, não sabe por que, eu a deixei tão sozinha… ela não sabe. Ela não sabe o quanto eu sofro, todas as noites e dias.

Ela não sabe, e não sei se algum dia saberá.

Essa confusão. Essa solidão. Tudo isso, me dói tanto.

E eu nem sei, o por que de estar tão sozinha..

Todos me deixaram para trás. Todos.

Dói tanto, que eu chego a pensar que vou morrer. Mas não morro. E isso é ainda mais decepcionante.

Há… Quem dera eu morresse.

Quem dera.

Entrando em depressão. Nada me faz feliz! Nada!

Por que existem pessoas tão ruins no mundo?

Por que fazem maldade?

Não quero saber, quero apenas que tudo isso chegue ao fim!

Quero apenas que tudo isso se acabe!

Minha dor, é minha dor.. e eu não quero viver. Chego a essa conclusão!

Não posso escolher entre ser  feliz, ou ter dinheiro, pois eu não consigo ter nenhum dos dois.

Dinheiro é como o vento que vem e passa rápido.

Felicidade é ainda mais rápido, pois atualmente eu nem sei, o que é felicidade. Só dor, e tristeza.

E angústia.

E medo.

E vontade que tudo isso termine;

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quero escrever sobre sexo.

…Não tenho muita experiência nesse assunto, porém quero escrever sobre isso. Minhas relações com homens e mulheres foram poucas. E na realidade nem sei, o porque… se é que é necessário existir um porque, pois para mim tudo tem que ter sentido, e isso na realidade não fez sentido nenhum para mim…kkk confuso? eu sei, no entanto para não fugir do assunto volto a dizer, que agora vou ter que sair e continuo esse assunto mais tarde. beijos”

Quem Sou?

…Uma fada, uma vampira, um anjo…posso ser muitas coisas, depende do desejo de quem me ver, da imaginação de quem me toca, me sente, bem perto de mim… ouvindo os sons que eu, involuntariamente suspiro.. baixinho, ou até distante. Se me olhares em uma rua comum e desejar meter em mim, o que desejaria que eu fosse? me pergunto.. é dificil entender o que as pessoas querem, homens ou mulheres… o que realmente querem?

enfim.. eu na verdade não sou ninguém. Uma adolescente de 17 anos que nunca gozou. Que fala bobagens, que até nem fala. Tímida, boazinha, aquela mocinha que todos desejam criar, que todos desejam casar, aquela criança que os de mais idade querem foder, que os jovens tem o tesão de comer. a fofa com corpo delicia.

Lésbica, Bissexual, heterossexual?

não sei.  O que na realidade sou é, Alice no país das maravilhas.